É melhor publicar no facebook ou no meu blog?

por | mar 16, 2020 | 4 Comentários

Facebook, Twitter, mídias sociais são o ópio moderno. Qualquer esforço de marketing que não inclua as mídias sociais está desperdiçando boa parte da audiência que poderia ter. Mas fica uma grande dúvida: faço tudo no facebook?

A explosão das mídias sociais

As mídias sociais vieram para ficar. Somos mais de 3,5 bilhões de viciados nelas, dedicamos mais 3 horas nossas por dia em redes sociais e aplicativos de mensagens para ver o que nossos amigos postam ou compartilham. É natural que surja a pergunta: como posso usá-las para conseguir mais visitantes e clientes?

A resposta não é tão simples quanto muitos gostariam: tudo depende. Uma página no facebook é uma grande vitrine para a sua marca, atraindo amigos e novos leitores. E, apesar do seu potencial, muitas vezes é mal administrada. Duvida? Então pergunte aos diretores de marketing das empresas porque enquanto olham no detalhe a campanha impressa em uma revista, deixam o Twitter com milhares de seguidores na mão do estagiário que ainda não conhece a marca.

Para entender como usar corretamente o facebook, tudo deve começar pela análise do seu negócio. Isso parece simples, mas sempre pulamos esta etapa e depois temos que voltar atrás e mudar muita coisa. Vamos passo-a-passo, vendo como tomar essa decisão.

O que espero da Internet?

Se você quer gastar uma hora bem gasta, pense no que você oferece hoje e o que realmente você espera da Internet. Como ela pode se encaixar no seu dia-a-dia, quem são os clientes novos que você busca, o quanto você está disposto a investir de tempo e dinheiro. Não custa lembrar que milagres não existem.

Avalie a sua marca e sua empresa. Seja honesto com você mesmo. Se você trabalha na Montblanc, ou se você é o Hans Donner, parabéns, sua marca já é bem conhecida. Nesse caso, é grande a probabilidade de você precisar de uma campanha que geralmente é chamada de ativação da marca. Aqui se encaixam perfeitamente os vídeos que viram virais da Coca-Cola, da Heineken, da Nissan. Jogos, aplicativos, tudo para trazer alguém para interagir com a sua empresa.

Agora, se você está entre os milhões que montaram um negócio novo, aí a coisa é bem diferente. No começo poucas pessoas nos conhecem e o boca-a-boca não resolve tudo porque leva muito tempo. Nessa hora, precisamos aparecer na pesquisa do Google de qualquer jeito.

Anote aqui o perfil da sua marca: marca forte e muito conhecida (Renner, Ford, Apple) ou uma marca nova.

Preciso aparecer no Google.

pesquisa_no_googleAparecer no Google, sem pagar, demanda muito esforço e tempo. Quando alguém faz um pesquisa no Google, ele imediatamente verifica quais os sites e páginas catalogadas que são mais relevantes para as palavras digitadas. Nessa hora, seu site compete com milhares de outros por uma posição no ranking, e quanto maior a posição, mais alto você aparece nos resultados. É uma briga ferrenha, todo mundo quer esse espaço ao Sol para ter a chance de receber uma visita.

Um caminho alternativo, muito mais rápido, é pagar para aparecer no topo da pesquisa. São os links patrocinados, no qual você para uma quantia para cada usuário que clicar no seu anúncio. Funciona muito bem, para o Google, mas para você, todo cuidado é pouco. Campanhas ruins são máquinas de perder dinheiro.

Aqui vale uma explicação adicional. Tudo o que você coloca no facebook não aparece na pesquisa do Google ou do Bing. Nada de ficar famoso on-line só com posts no facebook.

Anote aqui:

  • O quanto você tem de tempo e recursos disponíveis: muito ou pouco
  • O quanto você precisa de vendas que vieram pela Internet: muito ou pouco

Qual a minha audiência?

pinterest_smallO facebook é a maior mídia social, mas não é única. Se você quiser qualquer coisa profissional, principalmente para vender para outras empresas, é melhor ficar no LinkedIn. Estudos mostram que quando você navega no Facebook está mais relaxado e não muito interessado em ver coisas profissionais, ainda mais se forem complexas. Da mesma forma, não me imagino conversando sobre futebol no LinkedIn.

Os meus amigos do Google+ não são os mesmos do facebook, e no Twitter interajo com pessoas e empresas que ainda não conheço. E, se quero uma navegação visual, vou ao Pinterest, e escolho conteúdo pelas imagens. Tenha bem em mente o tipo de seguidores que você busca na redes sociais.

 

Então, o que faço?

Vamos responder à essa pergunta olhando o que você anotou:

1) Marca Forte e Muito Conhecida + Pouco Interesse em vendas on-line:

brahma_pagina_facebookSe a sua marca for muito forte no mundo real e você busca uma interação maior com seus clientes, uma página no facebook e um perfil no instragram com milhares de likes/segudiores são mais que suficiente. Criar artigos interessantes é mais complexo e um blog nesse caso nem sempre justifica seus custos.

Nem todo mundo precisa explicar as técnicas de confecção de cupcakes, nem como a cerveja te ajuda. Veja o que faz a Brahma, usando as páginas do facebook para alavancar a sua marca. Complemente com uma newsletter com novidades como faz a Montblanc, e terá uma ferramenta eficiente de comunicação com seus clientes.

 

 

2) Uma Marca Forte e Muito Conhecida + Interesse alto em vendas pela Internet

pagina-amazon-facebook-daft-punk IndigaSe você tem qualquer interesse comercial na Web, ou seus concorrentes já estão aparecendo nas pesquisa do Google, torna-se fundamental um blog. Combine isso com promoções criativas, faça uma página arrasadora no facebook e no instagram, um perfil bem administrado no Twitter, comece a colher os resultados. Interaja com frequência com seus leitores, instigue, estimule a conversa e os resultados serão excelentes.

Mesmo os gigantes do comércio eletrônico estão com uma presença marcante nas redes sociais. Você não vê uma Amazon trazer todos os seus produtos, mas o que escolhem é bem interessante. Vale a pena checar a página deles e entender como eles mostram as tendências, e de quebra, uma conexão direta para a página de vendas.

 

3) Uma Marca Nova + Interesse Alto em vendas pela Internet

Aqui se enquadram todas as novas empresas e pessoas que querem visibilidade. Não há como escapar de um blog de alta qualidade, complementando com uma presença nas mídias sociais bem criativa. Não precisa vender a alma para conseguir fazer uma coisa interessante, aprenda com quem já fazendo isso com sucesso.

Veja por exemplo o que faz a Red Bull, que por sinal é uma das minhas referências em como administrar bem uma marca. Eles patrocinam vários esportes, e dezenas de atletas, como outras marcas também o fazem. Mas, basta dar uma espiadinha no site deles, para ver como misturam blog com marca.

Eles usam o site infiniti-redbull racing para colocar as notícias sobre a equipe de Fórmula1.


redbull_racing
redbull_racing_no_facebook

Depois vão à página RedBull Racing no facebook, e colocam artigos com links para os artigos no blog.

É uma combinação muito inteligente para não só atrair pessoas, mas também de deixar os fãs sempre ligados.

Dicas de como montar o seu blog:

Algumas dicas para quem quer começar um blog do zero:

  • Escolha um tema muito alinhado à sua área – nada de escolher algo muito competitivo como moda, lazer, futebol. Pense em nichos de mercado, em algo que se destaque do resto. Ao invés de moda, pense em roupas para adolescentes descoladas, e seja fiel ao tema
  • Selecione uma plataforma para blogar, como WordPress, e acrescente ao seu site.
  • Crie uma página no facebook, e um perfil no Twitter pelo menos. Coloque imagens, descrições da sua empresa.
  • Escreva artigos respeitando algumas regras: pelo menos 600 palavras, com uma imagem e gerando os metadados da forma correta. Isso faz a diferença na hora do Google catalogar o seu site
  • Publique os artigos no seu blog
  • Vá na sua página do facebook e crie um post novo, com 2 ou 3 linhas dando uma introdução ao artigo. Acrescente o link do seu blog e publique.
  • Vá no seu perfil do Twitter, e crie uma nova mensagem. Coloque de novo uma breve introdução, acrescente o link e envie.
  • Monitore os comentários no seu site, no facebook e no Twitter. Faça isso pelo menos 1 vez a cada 2 dias, de preferência diariamente. Responda, agite.

Se parece muito trabalho, você está certo e é exatamente por isso que o Google premia quem se dedica. Mas não desanime, é algo fácil de aprender e fica mais rápido com o passar do tempo. Com um conteúdo de alta qualidade você sempre terá novos leitores, novos clientes e mais negócios.

A pergunta final agora: que duvida você ainda tem que gostaria de ver respondida abaixo para montar um blog?

Abraços,

Caetano Notari

Ebook 9 Regras para vender bem na Internet

Curtiu?

Compartilhe nas mídias sociais.