5 dicas para escolher o funcionário certo na área de marketing digital

por maio 11, 20200 Comentários

Uma das maravilhas do marketing é justamente a sua capacidade de transmutação e adaptação a qualquer novo meio, condição e ferramenta que possa surgir no curso do tempo. Prova disso é a popularização da tecnologia e da internet, que trouxe ao marketing (estabelecido de forma técnica na metade do século XX) novos panoramas e estratégias de atuação perante o público e o mercado.

Em paralelo, se o marketing evolui, os profissionais que com ele trabalham também devem se atualizar e aprimorar seus conhecimentos ao enfrentar novos terrenos — e as empresas, claro, devem procurar atributos específicos nesses profissionais para que possam atuar de maneira eficaz.

Pensando nisso, separamos aqui cinco dicas para você, gestor, escolher o profissional correto para a sua área de Marketing Digital, com foco em competências específicas. Vamos a elas?

Conhecimento de mercado

Um bom profissional (ou candidato) de Marketing Digital possui um amplo conhecimento sobre como funciona o mercado, suas nuances e particularidades.

Escolha alguém para a sua equipe que tenha esse perfil e saiba onde está pisando, com consciência total do produto, da demanda e do perfil básico do público consumidor e seu comportamento — tendo sempre em mente que cada segmento possui suas características próprias e que algo que funciona em um mercado nem sempre dá certo em outro.

Vontade de estudar e aprender

Um profissional que tem apenas o conhecimento adquirido em sua formação básica, seja técnico ou superior, não vai muito longe na carreira hoje.

A produção de conhecimento cresce a galope, e é necessário que um profissional de Marketing esteja sempre alinhado com as últimas tendências, processos e métodos — principalmente quando falamos de Marketing Digital, que evolui na mesma velocidade da internet.

Para tal, é preciso que o profissional leia muito, estude e participe de eventos regularmente.

Proatividade e feeling

No meio digital, tudo acontece em questão de milésimos de segundo, e as consequências se dão de forma alucinante.

O profissional do meio deve ter a mesma agilidade e responder aos estímulos e acontecimentos do mercado de forma proativa, sem esperar por ordens ou outras formalidades que não cabem no mundo digital.

Se algo deu errado na campanha de redes sociais, é bem provável que uma resposta atrasada em minutos possa comprometer tudo o que já foi feito.

Capacidade de análise

O marketing é, por definição e tradição, uma ciência que lida com uma infinidade de dados estatísticos e informações inerentes a todos os aspectos de mercado: produto, público, vendas, tendências, comportamento, entre muitos outros.

Quando falamos em Marketing Digital, a situação muda: a mesma massa de dados é obtida em tempo quase real, exigindo do profissional uma capacidade além do normal para analisar e interpretar esses dados — o que faz disso uma qualidade bastante desejável no candidato à vaga na sua empresa.

Especialização

Como gestor, é provável que você tenha necessidades específicas em Marketing Digital — por exemplo, redes sociais ou Google Adwords. Por isso, procurar algum profissional especializado com habilidades específicas nessas áreas pode ser bem vantajoso e trazer ótimos resultados.

E você, gestor ou recrutador? Sua empresa está em busca do profissional perfeito de Marketing Digital? Como tem sido essa busca? Comente abaixo e compartilhe conosco essas experiências!

 

Artigos Relacionados:

Photo by Marvin Meyer on Unsplash

Curtiu?

Compartilhe nas mídias sociais.